eu quero falar o que sinto.........


Os senhores da Terra optaram pela aceleração do "desenvolvimentismo". Modelo consumista e insustentável ante a vida no planeta. Extermina-se diariamente de forma impiedosa a natureza mãe e milhões de vidas sencientes, causando os atuais desequilíbrios sócio ambientais... Este é o trilho inexorável e involuto, traçado pelo financismo rentista global, gerador das atuais crises sócio políticas, e da calamidade ambiental, da desvitalização, da ausência de imunidade natural, nas chamadas enfermidades "crônicas",

...Vivemos este processo de decadência moral e fisiológica como se fossemos seres já natimortos, anestesiados pelas contra informações de uma mídia venal, deseducadora e corrupta, aceitando passivamente a pulverização do "veneno nosso de cada dia" na agro cultura transgênica, e na carcinogênica e (criminosa) PECUÁRIA INDUSTRIAL. Vivemos o pesadelo da formulação ideológica da "logica do LUCRO" como um fim em si, participando involuntariamente do suicídio coletivo da espécie, assistindo todos elementos básicos de sustentação vital desaparecerem na poluição do ar, das águas doces e nos mares, mas especialmente na alimentação industrializada e "carnista", hiper quimifica e desvitalizante...

Gerou-se em apenas dois séculos da história humana na terra, uma engrenagem essencialmente antivida, que inverteu todos os valores e códigos éticos minimamente necessários para a sobrevivência sustentável.

Impregnou-se na espécie humana uma brutal insensibilidade perante os seus próprios semelhados, e também aos animais não humanos (império do desamor organizado pela mera ganancia e ignorância).

Agride-se arrogantemente a natureza materna e a todos os seres sencientes; explorando-os de forma brutal e abominável, transformando-os em meros produtos alimentícios mercantilizados, instituindo a violência do "especismo", consentido e cultuado na idiotia comportamental das nações globalizadas, algo absolutamente amoral, aético, no consentimento da barbárie do holocausto animal. São estes os fatores negativos pós modernos, intrinsecamente associados a já insana corrida secular do capital rumo ao "ouro de tolo", que sustenta o sistema das mercadorias, das guerras, do luxo e do lixo...

ANIVERSÁRIO É PRA SE COMEMORAR E A VIDA SÓ PRA SE VIVER.......https://youtu.be/5VDuk_sLkdw?list=RDluY5U4zvKZ8

Com uma hernia inguinal do tamanho de uma bola de tênis, mais um tumor canceroso no fígado, (sequelas da hepatite C) ...vivia aqueles que pensava em sê-los meus últimos dias nesta face de terra...Já resignado buscava apenas a morte confortável, aquela sem grandes dores na separação dos  amores entranháveis... mas sabemos que o nosso destino costuma nos surpreender sempre...quando menos esperamos...e hoje estou completando dois aninhos adicionais de vida...ganhos divinamente, estando mais vivo que antes...
No fatídico dia 2/8/14, passeando com meus dois doguinhos na pracinha onde moro, a tal da hérnia inguinal travou-se completamente....deitei no banco da praça e massageie o local para recoloca-la no lugar....mas foi em vão, desta vez não conseguia....arrastrei-me em dores até minha casa, deitei-me na cama, e foram longas horas de compressas e analgésicos inúteis...
Os médicos já haviam me avisado que não me operariam desta hernia, antes de resolver meu "problema" no figado, pois estava com as "plaquetas" mui baixas e corria alto risco de não sobreviver numa operação delicada, desse nível...Por fim após horas, levaram-me para o hospital, e lá chegando, o medico que examinou-me, de cara, achou que deveria me dirigir rápido para um procedimento cirúrgico, pois a trava da tal hernia começava a já dar sinais de infecção generalizada, e se não me operassem com urgência perderia até o meu intestino....eu e a família fomos avisados e consentimos num termo assinado, a correr o risco, sendo levado as pressas para a sala de operação e lá permaneci umas quatro horas anestesiado totalmente, tempo em que extraíram com exito a tal hérnia inguinal...Sobrevivi...
Dias após, recuperando-me ainda no meu quarto do hospital, eis que a porta se abre e vejo adentrando dois médicos altos, resolutos, e bem humorados,
_ e aí, vc que é o Horácio?...Como está se sentindo? ...
Achei que iam me dar "alta", quando fui surpreendido pela pergunta:
_ então vamos fazer o seu transplante de figado?...
pasmo só olhava para os dois sem dizer nada, eles falando, e eu só continuava ouvindo...
"surgiu um fígado compatível com o seu biotipo sanguíneo, e pela sua situação grave, passaste na frente da fila e tens a prioridade...vamos?..."
O que poderia lhes responder?
Vamos sim! ...
"estás confiante?"...
Confio em Deus, disse...
"ótimo!... então vamos mandar prepara-lo para hoje ainda..."
e fui ....de maca mesmo, lavaram-me, rasparam-me todo os pelos corpo, e me prepararam para a tal cirurgia ....
Levado por um corredor enorme de luzes fosforescente, ia tranquilo, passando na minha mente um breve filme da minha vida, achando também que desta não escaparia...
e dessa vez foram mais de oito horas na sala cirúrgica...
Enquanto trocavam meu figado condenado eu dormia profundamente....
só acordei mesmo na UTI...com três médicos (dois japoneses) postados no lado de fora da redoma de vidro, de onde chamavam compassadamente o meu nome : Horácio...Horácio...Horácio...
ouvia aquelas vozes ao longe, e fui abrindo meus olhos aos poucos, e eis que a primeira cena que vi redivivo, foram três seres humanos de aventais brancos sorrindo de satisfação, e de felicidades, cumprimentando-se entre eles,  pelo exito que obtiveram na tal operação...
Aí eu também sorri para eles...tentei acenar com a mão que mal levantou...da boca seca pela anestesia prolongada não saia uma silaba...só fiz um sinal de que queria água...
mas soube que só poderia bebe-la pós 48 horas...
Pediram para a enfermeira entrar na UTI e molhar os meus lábios para aliviar a sede mui forte...
depois voltei a dormir e até hoje "ACORDEI PORQUE O SENHOR ME SUSTENTOU"...
E estou agora, neste exato momento compartilhando convosco esse presente que ganhei das mãos de  Deus pai poderoso, que prolongou meus dias nesta terra, para que eu me aprimorasse mais, e não fosse embora daqui tão sem entendimento em tudo, como ainda o sou...
um beijo na alma de todos que me acompanham...
amo-vos a todos...pois o importante é valorizar o dom de viver...

Nenhum comentário:

Postar um comentário