eu quero falar o que sinto.........


Os senhores da Terra optaram pela aceleração do "desenvolvimentismo". Modelo consumista insustentável ante a natureza mãe. Exterminam-se de forma impiedosa milhões de vidas sencientes, o que traz junto os atuais descalabros sócio ambientais... Este é o trilho inexorável e involuto do financismo rentista global, gerador das calamidades sócio políticas e da desvitalização humana nas chamadas enfermidades "crônicas",

...Vivemos um processo de decadência como natimortos anestesiados pela mídia venal e corrupta, aceitando a pulverização do "veneno nosso de cada dia" na agro cultura transgênica, e na carcinogênica PECUÁRIA INDUSTRIAL; Formulados ideologicamente pela logica do LUCRO como um fim, aceitamos passivos o suicídio coletivo da nossa espécie, assistindo os elementos de sustentação vital desaparecer na poluição do ar, nas águas doces e nos mares, mas especialmente na alimentação "carnista", super quimifica e desvitalizante...

Foi gerado em apenas dois séculos uma engrenagem essencialmente antivida, que inverteu todos os valores e códigos éticos minimamente necessários para a sobrevivência sustentável.

Impregnou-se na espécie humana uma brutal insensibilidade ante seus próprios semelhados, e aos animais não humanos (impera o desamor organizado pela ganancia e ignorância).

Agredindo-se arrogantemente a natureza materna e a todos os seres sencientes; explorando-os de forma brutal e abominável, transformando-os em meros produtos alimentícios mercantilizados, instituindo a violência do "especismo" consentido e cultuado na idiotia comportamental, algo absolutamente amoral e passivo pelo consentimento da barbárie do holocausto animal. São estes os fatores negativos pós modernos, intrinsecamente associados a já insana corrida secular rumo ao "ouro de tolo" que sustenta o sistema das mercadorias e do luxo&lixo...

Ga-lÔooo!!!

GA-LÔ!!!...GA-LÔ!!!...eu tinha 14 aninhos e fui estudar em BH...fiquei hospedado na casa de amigos dos meus pais antes de ir morar dias depois, numa pensão estudantil na rua Padre Anchieta...o filho deles, era um moleque branquinho e míope q. tinha o apelido de "Cupim"; ele era da minha idade,  um torcedor cruzeirense fanático que levou-me ao "Mineirão" para assistir o grã clássico das alterosas...entre o Galo x Raposa...fiquei sentado com ele na torcida celeste, e vi a nossa frente uma ferradura que nos cercava em preto e branco toda embandeirada, com faixas, fogos, charangas, e balões alvinegros, que cantavam e gritavam feito loucos varridos o tempo todo, principalmente o refrão de incentivo à luta :...Ga-lô!!!...Ga-lô!!!
Naquele jogo só deu o Cruzeiro em campo, um timaço que tinha entre outros craques, Tostão, Piazza, e Dirceu lopes,...foi um baile ...3 x 0, foi o que chamam no futebol de um showcolate...
Mas o que mais me impressionou ali, não foram os três craques do "tripe" cruzeirense, nem os três gols feitos...foi a atuação inacreditável daquela torcida incansável do Galo...passaram o jogo inteiro gritando, xingando o juiz, e incentivando sem parar o seu time...e a cada gol tomado não se calavam jamais...e quando já estava no fim do segundo tempo, sem mais tempo de reagir ao placar adverso, ela, a enorme massa do Galão, como é chamada por lá, começaram em peso a cantar o Hino do Clube...nem os cruzeirenses conseguiam abafar ou vaiar aquilo...era a paixão total!
Aí no final do jogo, o meu novo amigo cruzeirense, o Cupim, decepcionou-se muito comigo quando perguntou-me na saída do estádio, se a partir daquele dia eu iria começar a torcer para o seu time...eu disse-lhe com firmeza que não...e que gostei mesmo foi da torcida do Galo...algo inesquecível...até hoje a unica ligação q. ainda mantenho com o decadente corrupto e  mercantilizado futebol brasileiro, é sem dúvidas aquela torcida fantástica...o que vi foi indelével, e para sempre...para quem não conhece essa torcida, e nem curte futebol, só a titulo de curiosidade assistam qualquer hora no You Tube "O dia do Galo"...(um documentário que narra o dia que esse time em 2013, ganhou a taça libertadores da America) aí entenderão porque sou Ga-lô!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário